Por que a chama do fogão é azul?

 

Esta figura foi retirada do site http://www.bombeiros.pr.gov.br

O gás liquefeito de petróleo (GLP), também conhecido como gás de cozinha ou gás de botijão, é constituido principalmente por uma mistura dos gases propano (C3H8) e butano (C4H10).

 

A combustão completa dessas substâncias, que é a reação de queima que ocorre entre o combustível e o gás oxigênio (comburente), produz gás carbônico e água. A combinação dessas substâncias dá origem à chama azul.

 

Ao aquecer um material, as moléculas ficam mais agitadas devido a absorção de energia. Segundo o modelo atômico proposto por Niels Bohr, o elétron, ao absorver energia, “salta” para uma órbita mais externa do átomo e, ao retornar para o seu estado fundamental, emite energia radiante na forma de luz.

 

A emissão de gás carbônico e água emite muita energia, gerando a cor azul, que possui baixo comprimento de onda e grande energia. Em maçaricos, por exemplo, também são emitidos hidrocarbonetos, substâncias que emitem menos energia devido suas ligações químicas. Consequentemente, eles emitem uma chama mais amarelada.

 

Esta figura foi retirada do site http://www.bussoladeplasma.wordpress.com

Quando o gás está próximo de terminar, algumas impurezas podem queimar junto. Essas substâncias não queimam por completo, emitindo luz amarela. Isso também pode ocorrer quando os queimadores não estão regulados adequadamente, pois acarreta em uma entrada menor de oxigênio, impedindo que a combustão seja completa.

 

Um último detalhe é que a chama do fogão não emite fumaça pois a combustão não gera resíduos, apenas gases.

 

Site mais bem visualizado no Google Chrome

É proibida a utilização do material existente neste site para fins lucrativos.



O conteúdo pode ser utilizado por qualquer pessoa, desde que de forma pessoal e a fonte seja citada. Qualquer outra utilização do material encontrado nesse site deverá ser solicitada ao autor.



Caso algum conteúdo aqui publicado não tenha recebido o devido crédito, por gentileza,