Grafia Química Braille para uso no Brasil

"O ensino da Química, na perspectiva de formação de cidadãos críticos e conscientes, deve possibilitar aos alunos a aquisição de conhecimentos que lhes permitam representar fenômenos e substâncias e comunicar-se com outras pessoas conhecedoras dessa linguagem, além de  possibilitar a  interação consciente  com os produtos gerados tecnologicamente, como medicamentos, alimentos, cosméticos, entre outros. Essa é a ideia  norteadora da educação científica para todos os alunos e, aos alunos com deficiência visual, o Ministério da Educação  (MEC)  disponibiliza a Grafia Química Braille para Uso no Brasil com vistas a concretização da meta de normatizar a simbologia braille utilizada em Química. 
A atual versão da Grafia Química Braille para Uso no Brasil dispõe de símbolos representativos para transcrição em braille do componente curricular de Química, suas entidades em diferentes posições, diagramas, notações específicas, determinadas figuras e estruturas, permitindo maior e melhor acesso das pessoas cegas aos textos científicos da Educação Básica e do Ensino Superior." (Ivana de Siqueira - Secretária de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e InclusãoMEC)