Fritz Wolfgang London (1900-1954)

 

London nasceu em Breslau, na Alemanha. Baseado na mecânica quântica e, com a colaboração de Walter Heitler, descobriu um método eficiente de explicar a ligação que ocorre na molécula de hidrogênio (H2). Esse método pode ser utilizado para elucidar a estrutura de substâncias semelhantes. A teoria das ligações entre as moléculas apolares é considerada um marco da Química moderna.

 

 

Entre seus trabalhos, estão dois volumes sobre o fenômeno da superfluidez (manifestação da condensação de Bose-Einstein). London mostrou que a estimativa da temperatura crítica prevista pela teoria de Einstein para um sistema em que as partículas tinham a massa do 4He era próxima daquela em que se verificava a transição no laboratório.

 

 

Fonte: Pinheiro, F. R. Deslocalização e superfluidez em condensados atômicos de Bose-Einstein. Universidade de São Paulo, 2010.

 

 

 

Site mais bem visualizado no Google Chrome

É proibida a utilização do material existente neste site para fins lucrativos.



O conteúdo pode ser utilizado por qualquer pessoa, desde que de forma pessoal e a fonte seja citada. Qualquer outra utilização do material encontrado nesse site deverá ser solicitada ao autor.



Caso algum conteúdo aqui publicado não tenha recebido o devido crédito, por gentileza,