Compressas de emergência

As compressas de emergência são frequentemente utilizadas como primeiro-socorro após o corpo sofrer algum tipo de trauma, como uma batida ou uma lesão. Existem dois tipos de compressas e, portanto, fazer a escolha correta aumenta a eficácia do tratamento.

Esta figura foi retirada do site www.araujo.com.br

A compressa fria é mais indicada em casos de traumatismo provocado por quedas, pancadas ou lesões nas articulações. A recomendação é que ela deve ser utilizada nas primeiras 48 horas depois do ocorrido. Ela contém uma substância - nitrato de amônio, por exemplo - que apresenta dissolução endotérmica (absorção de calor):

A compressa quente é usada para amenizar edemas e hematomas que se formaram após um trauma não tratado em até 48 horas. Ela também proporciona relaxamento muscular e alívio a desconfortos provocados por cólicas abdominais. Essa compressa contém uma substância - cloreto de cálcio, por exemplo - de dissolução exotérmica (liberação de calor):

Esta figura foi retirada do site www.cdof.com.br 

 

 

 

 

Fonte: http://drauziovarella.com.br

Site mais bem visualizado no Google Chrome

É proibida a utilização do material existente neste site para fins lucrativos.



O conteúdo pode ser utilizado por qualquer pessoa, desde que de forma pessoal e a fonte seja citada. Qualquer outra utilização do material encontrado nesse site deverá ser solicitada ao autor.



Caso algum conteúdo aqui publicado não tenha recebido o devido crédito, por gentileza,