Como funciona o Air Bag?

Esta figura foi retirada do site www.automanianet.com.br

O Air Bag é um dispositivo utilizado para proteger os ocupantes de um veículo em caso de colisão. A sua ação é de complemento ao cinto de segurança. O cinto, além de garantir a trajetória adequada do passageiro na direção da bolsa de ar, garante a retenção necessária do corpo para que o Air Bag funcione adequadamente.


Ele não é projetado para acionar em qualquer tipo de acidente. Isso depende do ângulo da colisão, da desaceleração do veículo e do risco de lesão. Ele é constituído por um saco plástico inflável (fica dentro do volante ou do painel do automóvel), um gerador de gás dotado de sensores e um sistema elétrico de disparo.


O Air Bag contém uma mistura de azida de sódio (NaN3), nitrato de potássio (KNO3) e dióxido de silício (SiO2). Quando ocorre uma colisão - ou desaceleração brusca – os sensores transmitem um impulso elétrico que inicia as reações que, ao final, geram nitrogênio (entre 60 e 90 litros do gás) em menos de 30 milésimos de segundo.

Cerca de um segundo depois a bolsa começa a murchar para não machucar o passageiro. O esvaziamento é feito através de furos posicionados na lateral ou na parte de trás da bolsa.

 

O Air Bag não emite gases tóxicos ou inflamáveis. Após o acionamento, não há como recuperá-lo. Ele deve ser revisto e as peças necessárias devem ser trocadas.

 

Fonte: http://www.denatran.gov.br

Site mais bem visualizado no Google Chrome

É proibida a utilização do material existente neste site para fins lucrativos.



O conteúdo pode ser utilizado por qualquer pessoa, desde que de forma pessoal e a fonte seja citada. Qualquer outra utilização do material encontrado nesse site deverá ser solicitada ao autor.



Caso algum conteúdo aqui publicado não tenha recebido o devido crédito, por gentileza,