Bomba de Hidrogênio

A bomba de hidrogênio, também conhecida como “bomba H”, é o explosivo mais destrutivo já inventado pelo homem. Certamente não é uma bomba comum: sua ‘espoleta’ é uma bomba atômica!


Isso ocorre porque seu mecanismo é baseado na fusão de átomos de hidrogênio (fusão nuclear); para tal, é preciso que sejam alcançadas temperaturas altíssimas. Esse processo é semelhante ao que ocorre espontaneamente no Sol. O poder de destruição da bomba H pode ser dezenas de vezes maior que o das bombas atômicas jogadas em Hiroshima e Nagasaki.

 

Reação de fusão nuclear

A ideia da fabricação deste explosivo foi do físico húngaro Edward Teller, também conhecido como “Doutor Morte”.


Com a autorização do então presidente norte-americano Harry S. Truman, no dia primeiro de novembro de 1952 foi detonada a primeira e única bomba de hidrogênio da história. A explosão ocorreu no atol de Eniwetok, nas Ilhas Marshall. Sua força foi superior a 10 milhões de toneladas de TNT.

 

Bomba de hidrogênio explosão

Bomba H